Notícias

Com mais financiamentos, setor imobiliário esboça recuperação

Em julho de 2019 foram financiados 24,9 mil imóveis, representando uma alta de 24% em relação a julho do ano passado. Esse número aponta uma tendência de recuperação do setor imobiliário e é atribuído a uma série de fatores, como os juros mais baixos, que deixam os financiamentos mais baratos. Segundo o Secovi-SP, os imóveis mais vendidos foram as residências de dois quartos. Confira a reportagem completa da Folha de S. Paulo. 

 

Imagem: ADragan/iStock.com

Set 05 2019

Mário Franco: luto na engenharia brasileira

Aos 90 anos de idade, o engenheiro Mário Franco faleceu em São Paulo. Ele foi um dos maiores engenheiros estruturais do Brasil, responsável pelo cálculo de importantes obras, especialmente na cidade de São Paulo, como o Othon Palace Hotel, o Hotel Unique, o Centro Empresarial Nações Unidas, o Palácio das Convenções do Anhembi, o Pátio Victor Malzoni e tantas outras. “É um dia triste para a engenharia brasileira”, afirma Ilan D. Gotlieb, presidente da ABEG. “Perdemos uma referência na área de estruturas que dificilmente vai ser substituída”, completa Milton Golombek, vice-presidente da entidade.

Com um vasto conhecimento técnico, Franco era admirado e respeitado por todos. “Ele era muito doce, compartilhava seu conhecimento e suas experiências de forma muito gentil, atendendo a todos com muita atenção e carinho”, lembra Gotlieb. “Foi um grande mestre para todos nós”.

Sua personalidade generosa se refletia na atuação profissional. “Para ele nada tinha dificuldade”, conta Golombek. “Sempre dava um jeito de atender a todos os pedidos de forma muito simples”. 

O vice-presidente da ABEG lembra ainda que, apesar de todo o conhecimento e reconhecimento, Mário Franco era uma pessoa muito simples, que não conhecia a arrogância.

O engenheiro Mário Franco

Nascido em Livorno, na Itália, em 14 de março de 1929, veio ao Brasil em 1939. Aqui estudou e formou-se engenheiro em 1951 pela Escola Politécnica da USP. Em 65 anos de carreira, Mário Franco assinou mais de 2.000 projetos.

Em 1952, fundou Escritório Técnico Julio Kassoy e Mario Franco Engenheiros Civis. Franco foi ainda professor do Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações da Poli-USP e também da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da mesma universidade. Além disso, foi professor visitante do Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa (Portugal) e em Macau (China).

Todo esse conhecimento e experiência renderam prêmios como “Personalidade de Engenharia Estrutural 2011”, “Prêmio Talento Engenharia Estrutural” em 2003, 2005 e 2008, “Prêmio Emilio Baumgart” em 1985, “Eminente Engenheiro do Ano 2001”, “Prêmio Melhor Trabalho Técnico do Ano” em 1999, 2002 e 2003 e tantos outros. 

A ABEG presta suas mais sinceras condolências aos familiares e amigos de Mário Franco e agradece pelo legado que deixa à engenharia brasileira. Suas lições jamais serão esquecidas.

 

Imagem: oatawa/iStock.com

Set 04 2019

BIM será obrigatório em projetos de construções públicas a partir de 2021

A partir de 2021, o BIM (Building Information Modeling) será obrigatório em projetos de construções públicas. A nova tecnologia permite monitorar um projeto arquitetônico desde o modelo inicial até a sua conclusão, passando pelo orçamento e desenvolvimento da construção.

Para debater sobre o uso do BIM na construção civil – tanto na iniciativa privada quanto em obras públicas, a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) realizou, no último dia 29, a segunda edição da “Estação Cerrado, em Brasília. Foram apresentadas várias palestras relacionadas ao tema. Para ter acesso à matéria completa da Cbic, clique aqui.

 

Imagem: AndreyPopov/iStock.com

Set 03 2019

Ministério da Economia destina R$ 443 milhões ao Minha Casa, Minha Vida

O Ministério de Economia liberou R$ 600 milhões ao Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR) visando solucionar temporariamente o problema gerado pelo contingenciamento aos pagamentos de obras do programa Minha Casa, Minha Vida. Após a publicação da Portaria Nº 229, as empresas do MCMV receberão R$ 443 milhões para mitigar a dívida de mais R$ 500 milhões com as construtoras que afeta mais de 200 mil trabalhadores. Confira a reportagem da Cbic. 

 

Imagem: Zephyr18/iStock.com

Set 03 2019

Setor de construção civil tem saldo positivo pelo quarto mês seguido: 18.721 novos postos de trabalho

O setor da construção civil gerou 18.721 novos postos de trabalho somente em julho deste ano. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, o crescimento foi de 0,92% em relação ao mês de junho, tendo o setor seu quarto mês seguido com saldo positivo.

Ieda Vasconcelos, economista do Banco de Dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) afirma que há vários fatores que contribuem para fortalecer a construção nos próximos meses. Ao portal AECweb, Vasconcelos apontou os juros baixos, a inflação dentro da meta e as expectativas com a reforma tributária como alguns deles. Para saber mais, acesse aqui

 

Imagem: lamontak590623/iStock.com

 

Set 03 2019

PIB da construção civil volta a crescer no segundo trimestre de 2019

O PIB (Produto Interno Bruto) da construção civil aumentou 1,9% no segundo trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior. Quando comparado ao mesmo período do ano passado, o aumento representa 2%. A economia nacional cresceu 0,4%, o que indica que o Brasil não está em recessão técnica. As informações são do IBGE. Confira na matéria da CBIC. 

Imagem: thanasus/iStock.com

Set 02 2019

Lançamento de imóveis cresce 96% no segundo trimestre

Segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), aumentou em 96% o número de lançamentos de imóveis residenciais no segundo trimestre deste ano, comparado aos três meses anteriores. Equiparado ao mesmo período de 2018, a alta representou 11,8%. Os resultados foram apontados pelo estudo “Indicadores Imobiliários Nacionais”, que também registrou alta de 209,5% nos lançamentos de imóveis da região Sudeste entre o primeiro e segundo trimestres deste ano. Confira a matéria da CBIC.

.

Imagem: vege/iStock.com

Ago 28 2019

Expectativa na venda de imóveis cresce após anúncio de juros menores

Com a mudança no crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal e a redução dos juros imobiliários pelo Banco do Brasil, as construtoras esperam um aumento de vendas de imóveis novos. A Caixa pretende trocar a correção das parcelas do financiamento da TR (Taxa Referencial), pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que deve somar 3,82% este ano.

O Branco do Brasil, por sua vez, irá retirar suas taxas, que são as maiores responsáveis pela criação de dívidas em empréstimos.  Espera-se que os juros da linha SFH (Sistema Financeiro de Habitação), para imóveis de até R$ 1,5 milhão e que permite do uso do FGT, caiam de 8,5%, como estão hoje, para 6% anuais. As mudanças geram expectativas para o ramo da construção e para os bancos privados. Confira na matéria da Folha de S. Paulo. 

Imagem: Andrii Yalanskyi/iStock.com

Ago 22 2019

Juros menores podem levar financiamento imobiliário à menor taxa da história

Com a estabilização da inflação e a queda da Selic – a taxa básica de juros – prevista para encerrar o ano a 5%, há uma expectativa de diminuição nas taxas de financiamento imobiliário que, segundo analistas do setor, podem chegar ao seu menor nível histórico até 2020. O aumento da concorrência entre os bancos e os novos financiamentos da Caixa Econômica Federal também contribuíram para a expectativa de crescimento no setor, que já regista mais lançamentos e vendas de imóveis. Confira na matéria do Estado de S. Paulo.

 

Imagem: stevanovicigor/iStock.com

Ago 22 2019

As inscrições para o Prêmio ABEG Sigmundo Golombek 2019 encerram-se dia 25/10

A segunda edição do Prêmio ABEG Sigmundo Golombek está com as inscrições abertas. O prêmio reconhece o melhor projeto de fundações ou contenções cuja execução tenha sido concluída entre 2017 e 2019. O projeto deve se destacar por inovações, pelos desafios contidos nos parâmetros de sua concepção, nas dificuldades de sua execução, nos materiais e métodos usados ou no controle de sua construção. As inscrições vão até o dia 25 de outubro de 2019.

O Prêmio ABEG Sigmundo Golombek foi criado em homenagem ao professor e engenheiro Sigmundo Golombek, fundador da primeira empresa especializada em projetos e consultoria em engenharia geotécnica no Brasil.

Para se inscrever, preencha a ficha de inscrição (faça o download aqui) e envie para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com o assunto Prêmio ABEG Sigmundo Golombek. Os projetos já inscritos em edições anteriores não poderão participar novamente, mesmo que tenha havido alguma alteração em seu escopo. O regulamento completo pode ser acessado aqui.  

Conheça aqui o projeto vencedor da primeira edição do Prêmio ABEG Sigmundo Golombek. 

 

Imagem: mico_images/iStock.com

 

Ago 21 2019